Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



yummy time.

19.07.14

Vou ali fazer mac and cheese.
Sou uma pessoa que padece de desejos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A sério?!

18.07.14

 

Sou só eu que acho este anúncio estúpidotodososdias?

Autoria e outros dados (tags, etc)

:)

18.07.14

Enquanto subia as escadas de casa, senti os glúteos protestar de dor, resultado do treino de ontem. Nessa hora, pareceu-me criminoso comer o chocolate que ia buscar e voltei para trás.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:




A perfeição em forma de vestido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Não é um vestido mas parece mesmo. 
A Blair, cujo estilo a-do-ro, podem seguir aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu mereço.

15.06.14

Uma cobra acaba de aparecer no pátio do vizinho da frente. A vizinhança junta-se. Gritinhos e debates seguem-se. Um herói, armado com um saco plástico, pega na fera. O que lhe fez? Soltou-a no terreno traseiro de minha casa. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Ovos mexidos numa tosta, com uma pintinha de ketchup. Delícia. Adoro ovos mas não ligava a mexidos. Lembro-me que era o almoço, à segunda, na escola preparatória. Os outros deliravam, para mim era um sacrifício. Não ligando, sempre me fascinaram e julgo que a culpa é dos filmes. Queria aquela coisa de bacon and moist scrambled eggs. A coisa falhava no moist. Até que decidi aprender com quem sabe, o meu mestre culinário, o Chef Ramsay. E é tão simples. Lume médio alto, uma noz de vaqueiro, juntar, sem bater previamente!, a quantidade ovos que entender e depois é ir mexendo sempre, com uma espátula. De vez em quando retirar do lume para não cozer de mais, continuar a mexer, voltar ao lume, mexer e mexer e servir quando estiver no ponto apetecido. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Outro dia, passeava-me no Arrábida, quando uma funcionária me abordou só para dizer que o meu vestido era lindo. Isto é coisa que nunca me aconteceu e fez-me tão bem. :D

 

 

Zara 2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

29.05.14

A idade não é um posto.

O respeito, sim.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mulheres reais.

28.05.14
Sem maquilhagem, por Chuck Close, para a Vanity Fair 20th Annual Hollywood Issue
A Scarlett, como ela é, no filme "Under the Skin" (2013).

 

Obrigada, Scarlett.

via Locais Habituais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Também eu.

27.05.14

Também eu estou fartinha deste tempo. Esta manhã saí de casa com o sol alto e julguei que, mais uma vez, tinha roupa a mais. Mas há duas horas começou a chover e começo mesmo a achar que o meu pai tem razão e este ano vai ser assim até ao Natal. Às tantas é melhor investir numas novas galochas. Azul perfeitas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

...o Tiago Bettencourt passou-se, não? :)

 

Esta morena não sabe
O que o dia tem para lhe dar
Diz-me que tem namorado
mas sem paixão no olhar
Tem um risinho pequeno
E que só dá de favor
Corpo com sede de quente
Mas que não sente o calor

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Na semana passada, estive à conversa com um bom amigo, agora solteiro e bom rapaz, sobre as suas últimas conquistas e aventuras amorosas. Fiquei surpreendida porque, afinal, as comédias românticas não andam assim tão longe da realidade e, os últimos meses dele, davam um belo filme. O meu amigo é giro, mesmo giro, está em forma, é dedicado, um cavalheiro à séria, é divertido, tem um sorriso tímido mas aberto e um bom coração. Depois de muito falarmos sobre as suas experiências, meio tristonho, remata assim "Sabes o que me custa? É que isto foi só físico.". Queria ele dizer que, aquelas mulheres, apenas o usaram como um pedaço de carne. Ora, não acredito nisto. Não creio que para a maioria das mulheres, sexo seja apenas sexo. Não acredito que se deitem com qualquer um só para satisfazer uma necessidade. Antes que, para chegarem a este ponto, aquela pessoa tem que lhes dizer mais qualquer coisa. Ou é o sorriso, ou são as mesmas músicas, ou os mesmos hobbies, ou é a forma como ele lhe fala, ou o respeito com que a trata, ou porque a faz rir, ou porque a ouve. Não é assim? O meu amigo diz que estou a nivelar tudo por mim e vocês, que me dizem?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aquele dia.

26.05.14

Em que o agente da GNR me mandou parar, claramente, só porque queria falar para mim.

Tenho que correr mais. Estou no bom caminho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Na estrada.

21.05.14

Preciso de duas coisinhas simples: que respeitem a minha margem de segurança e que não me entalem o veículo quando estacionado. Grata. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ontem entregaram-me um flyer do LIVRE. Dizia assim: "Uma lista feita por cidadãos e escolhida por cidadãos".

Ri muito. Se fosse feita por formigas e escolhida por escaravelhos seria, de facto, inovadora. Agora, assim.... 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Frustrações.

04.05.14

Escolher um qualquer vestido para usar numa qualquer cerimónia, depois chega aquele momento em que precisas calçar-te, em conformidade, mas o tamanho maior que as lojas têm para te vender é o 40 e, atenção, já é um grande favor porque, claramente, tu é que és um alien.

Autoria e outros dados (tags, etc)

:(

28.04.14

Conheci o Pedro Cunha através deste vídeo. Não sigo a sua carreira e não sei que mais ele fez mas este vídeo derreteu-me. Giro nas horas, super sexy e uma voz deliciosa. Ouvi esta versão vezes sem conta. Hoje, o Pedro decidiu que não valia a pena continuar a viver. É chocante. Será sempre chocante para mim, que tenho pavor de falecer, saber de alguém capaz de acabar com a sua vida. Ainda por cima alguém que parecia ter tudo para ser feliz. A vida pode ser muito dura. Lamento. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Conversas.

24.04.14

Eu: Tenho pensado e acho que podemos fazer isto.

Ele: Também tenho pensado nisso.

Ele: Mesmo.

Eu: A sério? ♥

Eu: Que bom que pensamos o mesmo. ♥

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu sou, de facto, um pai de quatro criançofóbico, e metade do tempo que passo a falar da família é para alertar para os perigos da paternidade cor-de-rosa - é por tanta gente achar que isto é suposto ser divertidíssimo que tantas famílias vão ao fundo quando os filhos saltam cá para fora e as rotinas mais stressantes tomam conta de nós. Daí a importância da tal educação para o desprazer.

 

João Miguel Tavares

Pais de Quatro

Autoria e outros dados (tags, etc)

Felicidade. :')

23.04.14


Nunca mais este bichinho vai entrar numa cozinha, quarto de banho ou similar. Nunca, nunca, nunca mais!


Obrigada ao meu primo Ricardo que foi o mais maior grande, aguentou as minhas lágrimas, o meu desespero, abstraiu-se da minha grande estupidez, acudiu-me e acalmou-me sem pestanejar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

não-se-aguenta.

23.04.14

Verniz Andreia. Lindinho que só ele. Pintadas ontem de manhã. Sem mexer em água (só banho). Canerves!

Autoria e outros dados (tags, etc)

:)

23.04.14

Podem acusar-se como leitores do Conversas, aqui.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Este fim-de-semana foi a real loucurinha! A maluqueira começou logo na sexta, cedíssimo, no esfrega que esfrega, limpa que limpa, volta a esfregar e volta a limpar até quase de madrugada. Isto de ter a família pronta a ajudar quando temos mudanças, obras ou preparativos de casamento é muito bom mas depois chega aquele dia em que são eles que precisam de ajuda e lá temos que ir. Damn! :) Não custou assim tanto, foi até divertido, adoro limpezas gerais!, e enquanto lá estava não me apertavam as saudades.

 

Abril é mês de debulho de sável, ou seja, arroz de sável. Debulho de sável devia ser considerado património da humanidade. Coisa mais boa! E onde é que se come esta iguaria mas mesmo em bom? Em Cerveira, no Cantinho dos Amigos. Todos os anos estamos lá batidos. Os rissóis, a salada de polvo, os mexilhões e a baba de camelo também são de falecer. E qual é o melhor dia para debulhar? Sábado. Juntam o agradável ao mais agradável e vão feirar. As melhores carteiras estão lá e eu trouxe mais uma! Cheguem cedinho para aproveitar as pechinchas. Melhor do que a feira de Cerveira, só a de Valença, à quarta. 

 

Ora, sábado é dia de zumba e, como estou numa odisseia de queima calorias, não podia faltar à aula, especialmente porque tinha no lombo várias postas de sável, arroz com fartura, entradas e sobremesas várias e, no dia seguinte, a dose repetia-se. Pois bem, toda partidinha dos treinos da semana, da limpeza e da feira, lá fui. Cheguei a casa, enfiei o equipamento e ainda cheguei mesmo a tempo do início da aula. Não foi fácil mas foi feito! Check!

 

Podia ter ficado por aqui mas o meu sábado ainda ia a meio. Faltava comprar os húngaros, encomendar o pão, preparar a massa das panquecas e dos scones, fazer o melhor bolo de tângera de que há memória, preparar a fruta, pôr a mesa, meter no forno os queques de framboesa, limpar o chão, preparar as compotas, o mel e a manteiga, sem esquecer de alinhar as fatias de queijo e fiambre!

 

Deitei-me às três da manhã. Às sete saltei da cama. Foram os scones para o forno, as flores para as jarras, o alecrim para o chão, fiz café fresquinho, aqueci o leite, não esqueci o sumo!, mas quase faltava o mapple syrup, preparei as panquecas, os cereais e o leite frio para a mainova, escondi as almofadas, abri as persianas e esperei. Chegou o compasso e lembrei-me da saudade.

 

Depois, ainda fui receber o compasso em mais duas casas, enfardei os aperitivos numa, almocei numa terceira, à tarde continuei nas limpezas e arrumações, depois eram horas do Benfica e eu a torcer pela vitória porque tu não a estavas a ver, seguiu-se mais enfardamento de queijinho, amêndoas salgadas e chouricinho do bom e depois veio aquela hora em que o meu joelho não aguentou mais e recolhi à base. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Páscoa.

22.04.14
A Páscoa é a nossa festa. Nos setecentos e cinquenta metros que toda a vida nos separaram a Páscoa unia-nos sem que o soubéssemos. Não sei bem explicar este meu fascínio pela Páscoa, talvez por estes primeiros dias de Primavera, talvez a roupa a estrear, talvez o toque dos sinos ou, então, a correria, de casa em casa, para receber o compasso. Não sei, mas pelo folar não é, por certo, já que o meu sempre foi fraquinho. Gostamos da festa, de comer, de receber e adoramos tradições, vai daí, estava tudo certo para iniciar mais uma: o pequeno-almoço de Páscoa. Chama-se a família, espera-se pelo compasso e, todos juntos, pequeno-almoçamos. Este ano, não foi tão fácil, faltar-me a minha metade no nosso dia preferido é doloroso mas, tradição é tradição.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ontem, entrei de fugida na Pluricosmética para comprar um verniz. Estava mesmo a precisar de um clarinho mas acho que não me correu bem a compra. Adiante. Escolhi e fui pagar. Dois euros e cinquenta, disse-me. Ora, no expositor, marcava dois euros e noventa e sete, alertei a caixeira para isso e ela explicou-me que estavam em promoção mostrando o cartaz escondido. A coisa podia ter ficado por ali mas a funcionária (!) entendeu que devia rematar com esta pérola: quando for assim, você não diga nada! Não digo nada? Não-digo-nada?! Apeteceu-me esbofeteá-la mas disse-lhe apenas: podia, mas no final do dia esse valor podia sair do seu ordenado. "Também tem razão. Eu estava a brincar.". Certo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sem tempo.

16.04.14

O que eu preciso mesmo, ao contrário do resto do mundo, é que os dias tenham menos horas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coisas.

16.04.14

 

E aquelas pessoas que têm blogues, mostram as fotografias dos filhos mas não se mostram a elas?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Não recomendo. A não ser que apreciem comer malaguetas em forma de atum.

Apreciando, só naquela, tenham um extintor por perto.

 

#vaistãoapanharamor

Autoria e outros dados (tags, etc)

YEAH! \m/

15.04.14


Estive a ver alguns vídeos do The Voice - Portugal e lamento horrores que os concorrentes raramente optem pelo Rui Reininho. Não percebo onde têm a cabeça. Grande, Gabriela! Adoro AC/DC! \m/

Autoria e outros dados (tags, etc)



Adoro riscas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Chega uma hora em que pensas: afinal, isto faz-se. Mas depois, não se faz porra nenhuma e custa mais do que nunca.
As sextas nunca foram os meus dias preferidos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

(...)

11.04.14

Quando julgamos não poder amar mais, vem a saudade e o coração aumenta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Conversas.

10.04.14

Laminhas: Olá!

Eu: Olé! 

Laminhas: Estás boa?

Eu: Sim. :)

Laminhas: Precisas de alguma coisa?

Eu: Não. :)

Laminhas: Pronto. Se precisares, estou aqui.

Eu: Era só isso? :)

Laminhas: Sim.

Eu: ♥♥♥

 

 

[ao telefone]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Esta miúda é uma inspiração.

Descobri-a, esta semana, através da Jessica.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Falta-me metade.

09.04.14

O meu Amor não está. Não vai estar muito tempo. Para mim. Para os outros, passa rápido. O meu Amor não foi para o outro lado do mundo mas está no fim do mundo. Num mundo onde há casamentos todos os dias, casas novas que são velhas, muros vestidos de arame farpado, alcachofras como salada, restaurantes com moscas e mesas sujas e videochamadas pixelizadas que terminam, abruptamente, em segundos. Tenho a certeza que os dias avançam, uns a seguir aos outros, mas a minha vida está parada. Nada me sabe. Falta-me metade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Acumulo, desde 2012, quilos que não me pertencem. Tantos acumulei que a minha roupa zangou-se e não quer nada comigo. Isto deprime-me. Segundo o cálculo de IMC estou no limite do meu peso ideal. Limite é a palavra porque isto já não se aguenta mais. Acordo cansada, subo dez degraus começo a bufar e, já me aconteceu, ficar exausta a falar. Já para não falar no meu colesterol que sempre andou pelas ruas da amargura. E a roupa que não me serve. Já falei da roupa que não me serve? Em 2012, o M. começou a correr e decidi que o acompanharia. Não consegui. Não conseguia controlar aquela sensação de fogo nas pernas ou a dor de burro. Era impossível acompanhá-lo e, num misto de desilusão, fúria e vergonha desisti. Talvez nunca tenha chegado a tentar. Em janeiro, falei à R., que tinha começado a correr, em busca de inspiração. Ainda lhe disse que odiava corridas e que não era para mim mas ela ignorou os meus queixumes e falou-me do programa YupiiRun e dos bons resultados que tem tido. Fui ao site, gostei e decidi começar no final de março mas os fins-de-dia de dilúvio arrasaram com a minha motivação. Os quilos continuavam no mesmo sítio, o tempo sobrava-me, vai daí, este mês arranquei com as corridas. Amanhã ainda só vou para o quarto treino de trinta minutos, para já, só corro seis minutos e caminho um. Ainda não posso dizer que adoro correr mas, pelo menos, nem me passa pela cabeça desistir a meio de cada treino e, quando chego a casa, ainda em choque, exclamo: miúda, foste mesmo tu que fizeste isto?!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

...

09.04.14

Adoro casamentos.

Odeio comprar roupa para casamentos.

 

Mas odeio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Na estrada.

08.04.14

P#t@ que p@r$# as motas, os motociclos e respectivos condutores. Acabo de ser ultrapassada pela esquerda, seguindo eu na faixa da esquerda. Também já fui ultrapassada pela direita, seguindo eu pela direita. É só gente a querer falecer na estrada.

Autoria e outros dados (tags, etc)




A-DO-RO.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Não constipava desde janeiro. Não está mal. Dois meses inteirinhos. Calha mesmo bem amanhã ir ao otorrino fazer a inspecção. Estou aqui cheia de fresquinho, espirros, porcarias e ansiosa por chegar a casa, enfiar um anti-histamínico, seguir para a cama e botar o aquecimento a bombar. Só naquela de manter os níveis da facturação da EDP Gás em bom. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mas a minha mãe é a maismelhorboa. Cacos. Só porque eu tive um domingo péssimo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sabeis o que é um ferrolho? Como vistes, o ferrolho tem um fecho que, por sua vez, tem uma pega. Aquela merda é de enroscar. Com o uso, fiquei hoje a saber, a pega desenrosca sem avisar ninguém. Desenroscando, o fecho cai. Quando é que ele decidiu cair? Esta manhã, claro. Não levei com aquela porra na tola por um milímetro. UM milímetro. Acabo de contar o mesmo à minha mãe e ela recomenda que me comece a benzer pela manhã. Da maneira que isto vai, acho que até vou à missa!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quando partilho a história do meu comatoso macintosh e peço de volta energia positiva, rezas das bouas e velas acesas recebo, quase sempre, histórias sinistras sobre outros iguais ao meu que adormeceram na esperança da ressureição e nunca mais voltaram. Ou, então, informação detalhada sobre longos arranjos e respectivas contas ainda mais longas. É uma cena que a malta tem, né? Para depois poder sair com um "Eu disse-te! Assado, cozido e frito.". É nas desgraças e nas gravidezes. As pobres das grávidas têm todas que levar com a conversa da sobrinha da vizinha sobre o parto que correu muito mal, os meses de enjoos ou a falta de líbido. "Não é para te assustar, mas...". Também faço isto, com certeza. Mas é estúpido, não é? Acho que vou formar um movimento. 

 

Quanto ao bichinho, aparentemente, tem salvação. Aguardo diagnóstico.

São mais cinco dias de energia positiva para este lado, fazfavorzinho. Grata.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Domingo.

31.03.14

Sabem aquele dia em que não podemos, seja lá porque razão for, sair da cama? Ontem foi esse dia. Optei por ignorar a voz que me soprava isto ao ouvido e saí. A minha missão era fazer arroz de pato para a família. Começou logo mal quando tive que o partir em pedaços e mais parecia que estava num episódio de Dexter. Toca de limpar os armários. Atrasada, decidi cozer o bicho na panela de pressão. Não gosto muito de a usar porque nunca sei se aquela porcaria ficou sem água a meio da cozedura e, quando tenho que a abrir, não percebo bem se o ar já saiu todo. Mas o relógio não parava e tinha um arroz de pato para fazer. Estava tudo a correr bem. Quarenta minutos depois, o pato estava cozido, deixei o ar sair e preparei-me para abrir a panela. O facto de ter dificuldade em rodar a "torneira" devia ter sido suficiente para me alertar do perigo mas eu estava numa de ignorar vozes. E o universo vingou-se. A panela explodiu. Pelo mísero centímetro que se abriu saíram uns dois litros de caldo de pato. Dois litros na parede, no balcão, nos armários superiores, na porta do frigorífico, no interior das gavetas e dos gavetões, no forno, no chão e... no meu muito querido e amado macintosh. Porque é que eu tinha o computador no balcão da cozinha? Depois conto. Agora vou ali à iStore e preciso de energia positiva para ressuscitar o bichinho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

As panelas de pressão, por vezes, por azelhice de quem as opera, explodem! Por isso: não ter cenas em cima do balcão da cozinha. Nunca. Especialmente computadores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

(...)

29.03.14

 

A saudade é invisível mas dói violentamente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O meu nariz.

29.03.14

Acaba de expelir uma cena verde espinafre.

Nhecas.

Autoria e outros dados (tags, etc)